sábado, 19 de setembro de 2009

AGNI HOTRA ou Terapia Homa, uma forma de curar o planeta


Depois de passar a época de obscurantismo da idade media no planeta, do renascimento e da época da revolução industrial, ainda temos pessoas que acreditam que a Terra é um pedaço de rocha morta flutuando no espaço, sem querer reconhecer que a Terra é um imenso organismo vivo, com todas as necessidades que um organismo vivo tem de se manter, com fluxos de energias que sobem e descem desde o núcleo ate a estratosfera, com ondas eletromagnéticas, elétricas e gravitacionais que fazem de ele um complexo orgânico elétrico e magnético que permite o desenvolvimento de milhões de pequenas formas de vida, isto sem contar com o ser humano para nada. Nossa suposta superioridade de consciência não existe ante a perfeição dos processos relacionados á vida neste planeta, que a pesar de ser tão sofrido é sem duvida um dos planetas mais belos deste Universo. Dentro das pesquisas do IPHAD ( Instituto de Pesquisas Hiperespaciais Águia Dourada) na procura de formas reais de sanar o planeta, encontrei nos anos 90 na América Central, um amigo que tinha permanecido por alguns anos na índia e voltava com uma aura de indiano e poucas coisas que acrescentar no campo espiritual, a não ser a pratica do Agni Hotra. Eu morava num pequeno apartamento no Centro da cidade de Panamá e ele gentilmente trousse uma pirâmide de cobre de medidas exatas para fazer uma pequena cerimônia que tinha que coincidir com a saída ou o por do sol , alem de isso tinha que ser cantado um mantra (cântico) diferente em cada horário , colocar esterco de vaca dentro da pirâmide e logo fazer um fogo ajudado pelo Ghee que é manteiga sem sal derretida. No momento de o sol se por então cantar o mantra e por uns grãozinhos de arroz. Fizemos tudo isso e na época, eu não acreditei que isto fosse a dar algum resultado, ele me assegurou que esta simples cerimônia ajudaria o planeta e sanaria nossa mente de pensamentos ruins , a primeira vez fiz por respeito a meu amigo. Os resultados foram para mim francamente assombrosos. Desde aquele dia passei a fazer Agni Hotra periodicamente no Panamá e nas minhas viagens pela América Central. Senti uma total mudança de atitude dentro de mim, parece que minha cabeça tinha sofrido uma limpeza de coisas pesadas. Quando vim para o Brasil no ano 1998 a pirâmide veio comigo, acredito que foi a primeira pirâmide de Agni Hotra a funcionar no sul de Brasil. Hoje através do PAD e do IPHAD temos mais de 50 pirâmides funcionando nos 3 estados do sul. Também temos hoje pirâmides funcionando em Santiago de Chile. Tive a oportunidade de conhecer o Mestre Vassant, o indiano que trouxe este conhecimento para o Ocidente ( já falecido) , um homem realmente extraordinário na sua simplicidade e conhecimento, me falou na época muito na importância da preservação do cone sul da América.